A ECONOMIA BAIANA E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL: UMA ANÁLISE DO PERÍODO 1978-2010

Bruno Casseb Pessoti, Gustavo Casseb Pessoti

Resumo


Este trabalho tem como objetivo realizar uma análise da economia baiana, correlacionando-a ao desenvolvimento industrial dos últimos trinta e dois anos. O marco escolhido para essa análise foi a entrada em operação do Pólo Petroquímico de Camaçari, pois é a partir desse momento que a estrutura produtiva do estado começa a se modificar, perdendo sua feição agroexportadora e consolidando o desenvolvimento industrial. Com o passar das décadas de 80 e 90 da centúria passada, iniciou- se na Bahia uma nova estratégia, pautada em políticas locais de benefícios fiscais e financeiros, para atrair os mais diversificados setores industriais de forma a diversificar, complementar as cadeias produtivas e interiorizar a produção. As políticas de atração de investimentos industriais foram a tônica do modelo de desenvolvimento econômico defendido pelo governo baiano desde os início dos anos 90 (com o PROBAHIA) até os fins da primeira década dos anos 2000. Mas não foram capazes de modificar a realidade de um estado secularmente pobre e concentrador de riquezas.

Palavras-chave


Economia Baiana; Desenvolvimento Industrial; Transformações na Estrutura Produtiva; Políticas de Atração de Investimentos Industriais

Texto completo: PDF

RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico. ISSN eletrônico 2178-8022 (números publicados a partir de 2010)
ISSN impresso 1516-1684