EFEITOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL RURAL NA AGRICULTURA FAMILIAR DO SEMIÁRIDO: UM ESTUDO DA MICRORREGIÃO SERRA DE SÃO MIGUEL-RN

Ronie Cléber Souza

Resumo


O objetivo do artigo é verificar os efeitos da Previdência Social Rural na agricultura familiar da microrregião Serra de São Miguel-RN, situada no semiárido nordestino. A pesquisa comprovou que dado os baixos níveis em que se opera a reprodução social da grande maioria dos estabelecimentos da agricultura familiar da microrregião, a manutenção das famílias representa o principal destino dos recursos previdenciários. Conclui-se pela pertinência da Previdência Social Rural como política pública para a redução da pobreza rural e para a melhoria das condições de vida das famílias de e com idosos no semiárido brasileiro.

Palavras-chave


Previdência Social Rural; Agricultura Familiar; Semiárido; Política Pública

Texto completo: PDF

RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico. ISSN eletrônico 2178-8022 (números publicados a partir de 2010)
ISSN impresso 1516-1684