ANÁLISE DA CONCENTRAÇÃO DO EMPREGO DA AGROPECUÁRIA DO ESTADO DE PERNAMBUCO: 2000 -2014

Talinny Nogueira Lacerda, José Márcio dos Santos

Resumo


Mesmo diante de mudanças estruturais nas últimas décadas, a economia nordestina ainda possui um grande contingente de trabalhadores ligados à agropecuária, em especial o estado de Pernambucano. Neste contexto, o presente artigo tem por objetivo identificar a concentração do emprego relacionado ao setor agropecuário do estado de Pernambuco entre os anos de 2000 a 2014. Para isso, foi calculado o quociente locacional, o coeficiente de reestruturação, o coeficiente de redistribuição e o coeficiente de especialização, a partir dos dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Os resultados indicaram que não houve fortes mudanças estruturais na composição do emprego agropecuário entre as microrregiões. O emprego nas microrregiões apresentou baixa especialização e não apresentou alterações no padrão de distribuição. Contudo, foi possível identificar as regiões com expressiva concentração de emprego agropecuário dentro do Estado de Pernambuco.

Palavras-chave


Emprego; Concentração Espacial; Agropecuária

Texto completo: PDF

RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico. ISSN eletrônico 2178-8022 (números publicados a partir de 2010)
ISSN impresso 1516-1684