IMPACTOS DA INTELIGÊNCIA ESTRATÉGICA: UM MODELO TEÓRICO PROPOSTO

Cintia Paese Giacomello, Gabriel Sperandio Milan, Luiz Antônio Slongo

Resumo


A orientação para o mercado e a inteligência estratégica podem ser entendidas como dois sistemas de monitoramento, que visam tornar as organizações competitivas frente às dificuldades que surgem no mercado. Embora possuam alguma semelhança quanto aos seus objetivos, tais construtos não podem ser confundidos, pois possuem foco e ferramentas de análise distintas. Assim, este trabalho se propõe investigar teoricamente o que existe de comum e o que difere entre estes sistemas, contribuindo para o entendimento dos fatores que auxiliam na obtenção de melhores resultados e suas aplicações. Academicamente, o estudo pretende contribuir para o preenchimento da lacuna existente de trabalhos que relacionem as duas abordagens, inicialmente diferenciando-as e, na sequência, identificando pontos de aprofundamento. Gerencialmente, pretende-se identificar aspectos atinentes à comunicação e à geração de inteligência, que dificultam a adoção da orientação para o mercado pelas organizações. Como resultado do trabalho, propõe-se um modelo teórico a ser testado empiricamente.


Palavras-chave


Estratégia; Inteligência Estratégica; Orientação para o Mercado; Desempenho Organizacional; Competitividade

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030