COMÉRCIO ELETRÔNICO NO VAREJO BAIANO: SETOR DE SUPERMERCADOS

Raquel Leone Maciel, Rodrigo Ladeira

Resumo


O trabalho tem o objetivo de avaliar o grau de aceitabilidade do cliente baiano em relação à prestação de um serviço de supermercado virtual. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de opinião com clientes da maior rede de supermercados atuante no mercado local, o Bompreço Bahia. Foram executados estudos teóricos buscando coletar informações relevantes sobre o tema em questão, tais como definições e histórico do varejo, evolução e tendências dos supermercados no Brasil, análises das teorias existentes que buscam desvendar o comportamento do consumidor, criação e evolução do comércio eletrônico no Brasil e no mundo. Foi estabelecida uma metodologia de pesquisa visando conhecer a opinião dos clientes através da aplicação de questionários sobre o serviço de compras on-line. Este questionário foi elaborado a partir de quatro grandes perguntas de pesquisa: qual o perfil do cliente, quais são as suas preferências, quais são as questões administrativas para um serviço de supermercado virtual e, por fim, quais são os aspectos técnicos relevantes para a implantação desse serviço. A tabulação e análise dos dados obtidos permitiram identificar um alto grau de interesse dos clientes em relação ao serviço de supermercado virtual. Observou-se um mercado potencial para este serviço, pois foi detectado que a grande maioria dos clientes acessa a internet, mas ainda não efetuou compras on-line.

Palavras-chave


Varejo; Supermercados; Internet; Comércio Eletrônico; Comportamento do Consumidor;

Texto completo: Texto completo

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030