DISCURSOS EMPRESARIAIS E ESTRATÉGIAS DE GESTÃO: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR TÊXTIL DE MINAS GERAIS

Luís Silva Saraiva, Solange Maria Pimenta, Maria Laetitia Corrêa

Resumo


A gestão contemporânea utiliza elementos cada vez mais sofisticados para garantir no nível organizacional o êxito capitalista, seja relativo ao desempenho, seja principalmente no que se refere às formas de dominação no interior da organização. O discurso passa a ser utilizado como um de seus componentes fundamentais, havendo, entretanto, lacunas entre o que se prega e o que efetivamente se pratica, o que é o foco de análise deste artigo. Inserida em uma estratégia de pesquisa qualitativa, foram analisados em uma primeira fase documentos internos, e na segunda, entrevistados gestores e trabalhadores de uma empresa têxtil de Minas Gerais. Os principais resultados revelam uma dinâmica complexa, na qual freqüentemente o discurso é absorvido pela mão-de-obra de forma parcial, diferente dos propósitos organizacionais, o que, contraditoriamente, fortalece a empresa em um quadro de enfraquecimento dos
trabalhadores. As divergências encontradas, em uma organização ao mesmo tempo conservadora e inovadora,
tal qual o ambiente que a circunda, revelam um espaço para a análise das possíveis formas locais de desenvolvimento da gestão.

Palavras-chave


Práticas de Gestão; Discurso empresarial; Novas formas de controle organizacional

Texto completo: Texto completo

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030