TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTOS NA CADEIA AUTOMOTIVA BAIANA – AFERIÇÃO DE ALGUMAS PRÁTICAS

Francisco Uchoa Passos, Camila Dias, Rodrigo Soares

Resumo


Este estudo examina os mecanismos de transferência de conhecimentos de uma montadora instalada na Bahia para seus fornecedores locais. Foi investigado um conjunto de práticas de transferência de conhecimentos técnicos e gerenciais decorrentes do relacionamento contratual entre as partes, aferindose seu conteúdo e intensidade.
A amostra é composta de 12 dos 29 “sistemistas” (fornecedores de primeira camada) que operam no site da planta da Ford em Camaçari/Bahia. O trabalho discute as práticas de transferência de conhecimentos sob a ótica daqueles “sistemistas”, em que são levantadas questões relativas aos tipos de conhecimentos técnicos/gerenciais transferidos pela montadora e aos critérios de seleção dos fornecedores. Acredita-se que os dados iniciais apresentados contribuem para o melhor entendimento das formas como a montadora transfere conhecimentos a seus fornecedores locais, ensejando novas pesquisas e discussões.

Palavras-chave


Indústria automotiva; Relacionamento multinacionais-fornecedores locais; Transferência

Texto completo: Texto completo

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030