EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS: PERCEPÇÕES DE DISCENTES E DOCENTES DE UMA INSTITUIÇÃO PARTICULAR MINEIRA

Kely César Martins Paiva, Andreia Oliveira Santos, Valéria Rezende Freitas Barros

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar as percepções de discentes e docentes do curso de graduação em Ciências Contábeis de uma instituição particular, relativas à educação a distância (EaD). O referencial teórico abordou o ensino à distância, a plataforma moodle, e competências profissionais e docentes. Quanto à metodologia, a pesquisa caracteriza-se como descritiva e qualitativa nos moldes de um estudo de caso. Os dados coletados por meio de entrevistas com roteiro semiestruturado foram submetidos à análise de conteúdo. A instituição e os sujeitos (oito professores e 22 alunos) foram escolhidos pelo critério de acessibilidade. A plataforma moodle é vista pelos pesquisados como ferramenta complementar e de apoio para parte dos entrevistados e sua influência na formação dos alunos é tímida, observando-se significativa resistência por parte dos sujeitos quanto à EaD e maior preferência por aulas presenciais. Nas atividades de EaD, foi constatada maior interação, troca de experiências e informação por parte dos alunos, quando comparados aos professores. Dentre as competências docentes mais exigidas na EaD, destacam-se os conhecimentos de informática. A falta de tempo e a rejeição pelo novo foram pontos realçados pelos entrevistados. Diante dos achados e das limitações do estudo, traçou-se uma agenda para pesquisas futuras.


Palavras-chave


Educação a distância; Plataforma moodle; Competências profissionais docentes; Ciências contábeis; Docentes; Discentes

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030