MUDANÇAS ORGANIZACIONAIS NAS EMPRESAS BRASILEIRAS: MERA IMPORTAÇÃO DE MODELOS?

Gelson Silva Junquilho, Claudiani Waiandt, Eloisio Moulin de Souza

Resumo


O objetivo do artigo é analisar, por meio de um estudo bibliográfico, os principais modelos de organização do
trabalho utilizados pelas organizações brasileiras nas últimas décadas. Apesar das amplas e constantes mudanças que
estão sendo implementadas nas últimas décadas, verifica-se uma forte tendência pela adoção de modelos de gestão
internacionais, principalmente norte-americanos. Tais modelos não têm trazido os resultados esperados na organização
do trabalho, tanto para as organizações quanto para os empregados. Para que se desenvolva um modelo de gestão
brasileira faz-se necessário uma análise dos intercessores que emergem no contexto local.

Palavras-chave


reestruturação produtiva, intercessor, gestão organizacional, organização do trabalho, modelos de gestão.

Texto completo: Texto Completo

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030