RESISTÊNCIA À MUDANÇA GERADA PELA IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO INTEGRADA (ERP): UM ESTUDO DE CASO

Marcelo Simão Lima, Alexandre de Pádua Carrieri, Thiago Duarte Pimentel

Resumo


Objetiva-se aqui analisar os fatores de mudança gerados pela implementação de sistemas informatizados de gestão integrada ERP, as resistências resultantes desse processo e as ações gerenciais para superar tais resistências, visando a maximização dos benefícios organizacionais. Busca-se um embasamento teórico sobre inovação tecnológica e mudança organizacional para compreender as causas e formas de resistência. A metodologia está alicerçada na pesquisa qualitativa representada pela análise de conteúdo. Por fim, apresenta-se o caso de uma empresa do setor alimentício, que implementou o sistema ERP R/3. Verificam-se as necessidades de: uma ampla gestão dos processos de mudança e envolvimento/participação dos atores organizacionais.

Palavras-chave


Mudanças; ERP; Setor Alimentício

Texto completo: Texto Completo

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030