AS ATIVIDADES DE RESTAURANTES DE MOSSORÓ, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, SOB A PERSPECTIVA DA GESTÃO AMBIENTAL

Luzifran Maria Duarte Gurgel, Rodrigo Guimarães de Carvalho, Maria Clara Torquato Salles

Resumo


Os setores econômicos vêm experimentando mudanças significativas no cenário global, algumas destas, vinculadas à perspectiva da adoção de práticas sustentáveis nos seus processos produtivos. O setor terciário, apesar de ser considerado de menor potencial impactante, também apresenta experiências interessantes no que se refere à internalização de uma maior consciência ambiental. Esta pesquisa discute a adoção de práticas sustentáveis por restaurantes, com foco em quatro estabelecimentos na cidade de Mossoró, estado do Rio Grande do Norte. Os resultados demonstram que a atividade produtiva dos restaurantes é marcada pela falta de informação por parte de quem vende e de quem compra, ou seja, a escassez de práticas ambientais é influenciada, não apenas pelo desinteresse ou falta de compromisso, mas também pelo não conhecimento das mesmas e de seus inúmeros benefícios econômicos e ambientais.

 


Palavras-chave


Sustentabilidade; Restaurantes; Setor terciário

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030