AS “PANELEIRAS DE GOIABEIRAS” E O “FAZER ESTRATÉGIA” EM TORNO DAS POLÍTICAS DE TURISMO EM UMA SECRETARIA ESTADUAL DE TURISMO

Bruno Ricardo Peixoto de Rezende, Alfredo Rodrigues Leite da Silva

Resumo


O presente artigo analisa manifestações relacionadas com a atividade artesanal das “paneleiras de Goiabeiras” em Vitória, ES, evidenciadas no “fazer estratégia” no contexto da Secretaria de Estado de Turismo do Espírito Santo, na definição das políticas públicas de turismo. Por meio de uma análise teórica, este artigo articula os temas estratégia como prática, turismo, políticas públicas e atividades artesanais. Os dados foram coletados por meio de documentos e entrevistas com oito membros da Secretaria de Estado de Turismo e vinte “paneleiras de Goiabeiras” e tratados por meio de análise do conteúdo temática. A pesquisa evidenciou um “fazer estratégia” com foco na divulgação do produto “panela de barro”, como um ícone da cultura local e do turismo capixaba para os outros estados.

DOI: 10.21714/2178-8030gep.v17i1.3951


Palavras-chave


Estratégia como prática; Turismo; Cultura local; Artesanato

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030