A INSERÇÃO DOS SURDOS NO MERCADO DE TRABALHO: POLÍTICAS PÚBLICAS, PRÁTICAS ORGANIZACIONAIS E REALIDADES SUBJETIVAS

Alvanei dos Santos Viana, Helio Arthur Reis Irigaray

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi avaliar em que medida as políticas de inserção dos surdos no mercado de trabalho têm se revelado eficazes sob a ótica desta minoria, do mercado de trabalho e do próprio Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES). A coleta de dados constou de entrevistas com representantes dos três grupos, as quais foram submetidas à análise de conteúdo. Inferiu-se que a falta de êxito das políticas jaz no não reconhecimento por parte da sociedade que os surdos não são nativos da língua portuguesa e que as empresas, por razões financeiras, preferem contratar surdos oralizados.

DOI: 10.21714/2178-8030gep.v17i1.4169


Palavras-chave


Minoria; Surdos; INES; Políticas públicas

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030