RELAÇÕES DE PODER E EXERCÍCIO DE CONTROLE MEDIADOS PELA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Maria Conceição Melo Silva, Fátima Regina Ney Matos, Erica Piros Kovacs, André Felipe de Albuquerque Fell

Resumo


O objetivo deste artigo é verificar os impactos causados pela tecnologia da informação em relação à implantação dos sistemas integrados de gestão e sua influência sobre as relações de poder e o exercício de controle na organização. A tecnologia da informação e, especificamente, os sistemas de gestão integrados têm desempenhado um papel importante nas empresas, pois a sua implantação introduz mudanças nas formas de controle, alterando as relações de poder. O arcabouço teórico utilizado para fundamentar este estudo baseia-se em uma análise da tecnologia da informação, dos sistemas integrados de gestão e do impacto que a sua implantação provoca nas organizações. Foi realizado um estudo de caso em uma grande empresa de construção de empreendimentos imobiliários. Os dados foram obtidos por meio de entrevista, questionário e análise documental. Pode-se concluir, após a implantação de um sistema integrado de gestão, que ocorre uma maior centralização e que o poder desloca-se para quem detém a informação e faz uso da mesma para a tomada de decisão.

Palavras-chave


relações de poder, controle, tecnologia da informação

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030