ATIVIDADES INOVATIVAS EM PARQUES TECNOLÓGICOS: UM ESTUDO COMPARATIVO NO NORDESTE BRASILEIRO

Rodrigo Teles Dantas de Oliveira, Raisa Teixeira Santana, Iracema Machado de Aragão

Resumo


A inovação é crucial para a garantia da sobrevivência e desenvolvimento organizacionais. Os parques tecnológicos são ambientes que promovem a cultura da inovação e o aumento da capacidade empresarial, fundamentando-se na transferência de conhecimento e tecnologia. Nesse cenário, este artigo objetiva caracterizar os parques tecnológicos instalados na região Nordeste do Brasil, descrever os principais produtos desenvolvidos e investigar, de forma comparativa, o impacto das atividades inovativas desenvolvidas por essas instituições. Para a pesquisa, que tem natureza descritiva, utilizou-se como instrumento de coleta de dados o questionário semiestruturado, aplicado aos representantes de cada parque tecnológico abordado. Os resultados demonstraram que a maioria encontra-se em busca de conformação estrutural, implantando os elementos necessários às atividades inerentes aos parques tecnológicos. Quanto ao impacto das atividades inovativas, a maioria dos itens abordados foi considerado de alta e média relevância pelo maior número de parques.

DOI: 10.21714/2178-8030gep.v20.5656


Palavras-chave


Parques Tecnológicos; Atividades Inovativas; Pesquisa e Desenvolvimento (P&D)

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030