DESENVOLVIMENTO REGIONAL E VULNERABILIDADE PSICOLÓGICA: CONCEPÇÃO DE LIDERANÇA DE ALUNOS DOS CURSOS DE GESTÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Thelma Pontes Borges, Miguel Pacífico Filho, Gabriel Henrique Macedo de Araújo

Resumo


O desenvolvimento regional é favorecido quando os gestores voltam o olhar para os arranjos locais e para a compreensão das comunidades. Portanto, para que gestores sejam bons operadores das relações promovendo decisões a partir da coletividade é necessário que tenham condições psicológicas em que valores éticos estejam alocados em sua personalidade. Assim, o objetivo do trabalho é verificar as noções de liderança de alunos dos cursos de Gestão da UFT por meio de 9 entrevistas semidirigidas. Como resultado, verificou-se que 2 entrevistados têm uma noção de liderança circunscrita à autonomia moral, o que sugere que os demais enfrentam dificuldades para pensar por si próprios e tomar decisões conscientes. Conclui-se que o desenvolvimento regional é dependente de uma formação em gestão capaz de desenvolver elementos psicológicos fortalecedores de uma personalidade autônoma.

DOI: 10.21714/2178-8030gep.v.21.5836

 


Palavras-chave


Desenvolvimento Regional; Moralidade; Gestão; Liderança

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030