REVISITANDO OS CLÁSSICOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO: AS PERSPECTIVAS SISTÊMICA E ESTRATÉGICA

Gustavo Veloso de Abreu, Antônio Carvalho Neto

Resumo


Esse estudo discorre sobre duas abordagens teóricas dos estudos referentes aos Sistemas de Relações de Trabalho (SRT) na ótica do campo de pesquisa conhecido como Industrial Relations (IR) na academia anglófona. Primeiramente, as origens do campo de pesquisa do IR são apresentadas e em seguida duas abordagens clássicas do campo são discutidas: a visão sistêmica e a escolha estratégica. A discussão elabora os pontos principais de cada abordagem e, ao final, considera algumas críticas e implicações para futuras pesquisas. O intuito é de reintroduzir, a partir de um debate seminal, a ótica do IR na pesquisa em Administração para proporcionar um ponto de partida para o desenvolvimento de perspectivas teóricas relevantes às relações de trabalho.

DOI: 10.53706/gep.v.23.7177


Palavras-chave


Relações de trabalho; Dunlop; Escolha estratégica; Pluralismo; Sistemas de Relações de Trabalho

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030