MULHERES GESTORAS – QUAL O PERFIL DE COMPETÊNCIA PROFISSIONAL PARA CONCILIAÇÃO VIDA PESSOAL E TRABALHO?

Lydia Maria Pinto Brito, Daysiane Simões Andrade de França, Maria Apresentação Barreto

Resumo


A pergunta de partida do presente estudo é: qual a percepção da gestora da Universidade Potiguar (UNP) sobre o Perfil de Competência Profissional necessário para o exercício de suas funções e quais os atributos comportamentais e estratégias pessoais facilitadores da conciliação vida pessoal e trabalho. Seu objetivo geral foi identificar o perfil de competência profissional relacionado a conhecimento, habilidades e atitudes das gestoras da UNP e apontar seus atributos comportamentais e estratégias pessoais favorecedoras da conciliação vida pessoal e trabalho. O referencial teórico fundamentou-se principalmente em Le Boterf (2003), Perrenoud et al (2002) e Zarifian (2001). Foi realizado um estudo de caso com objetivos descritivos abrangendo 32 mulheres. Os resultados sinalizam o perfil de competência pessoal ideal e os atributos facilitadores da conciliação vida pessoal e trabalho.

Palavras-chave


Perfil de Competência Profissional; Mulheres gestoras; Conciliação vida pessoal e trabalho; Atributos comportamentais; Estratégias pessoais

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030