BURNOUT NO ENSINO SUPERIOR: UM ESTUDO NO CONTEXTO BRASILEIRO

Harrison Bachion Ceribeli, Bruno de Carvalho Camêlo, Gustavo Nunes Maciel

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo examinar a incidência da Síndrome de Burnout entre alunos de Administração de uma universidade federal mineira, bem como os possíveis fatores que contribuem para a manifestação da referida doença. Para coleta de dados, utilizou-se o método survey online, aplicando remotamente o instrumento MBI-SS, e entrevistas em profundidade. Os dados quantitativos foram tratados por meio do cálculo de estatísticas descritivas e os dados qualitativos foram analisados mediante análise de conteúdo. A partir dos resultados constatou-se um número significativo de alunos apresentando em seu dia a dia pelo menos uma das dimensões da síndrome de Burnout, especialmente a exaustão emocional e a baixa realização pessoal. Além disso, percebeu-se uma relação entre a exaustão emocional e a falta de realização pessoal, já que alguns estudantes apontaram que, devido ao elevado esgotamento que experimentam, sentem dificuldade para se dedicarem aos estudos como gostariam, tornando-se menos realizados em decorrência disso.

DOI: 10.53706/gep.v.23.7389


Palavras-chave


Síndrome de Burnout entre estudantes; Esgotamento dos estudantes; Saúde mental dos estudantes

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030