COACHING EXECUTIVO: EMERGÊNCIA DE EXPECTATIVAS E PERCEPÇÕES A PARTIR DE EXECUTIVOS DE ORGANIZAÇÕES LISTADAS NO GREAT PLACE TO WORK

Marcia Rodrigues dos Santos Capellari, Edson Keyso de Miranda Kubo, Almir Martins Vieira, Eduardo de Camargo Oliva

Resumo


O coaching é uma técnica que vem se desenvolvendo nos últimos anos e tem sido explorada como alternativa para o desenvolvimento de executivos nas organizações. Este artigo teve como objetivo analisar de que forma se apresentam as expectativas e as percepções acerca das práticas de coaching a partir das experiências dos executivos brasileiros e suas organizações. Assumiu-se, para este trabalho, abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa 20 executivos ocupantes de cargos estratégicos em empresas identificadas no ranking estipulado pelo instituto Great Place to Work. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas, cujo conteúdo foi submetido à Análise Textual Discursiva (ATD). Os dados manifestaram categorias emergentes como resiliência e aprendizagem, e os resultados apontaram uma congruência entre os resultados do coaching e as expectativas dos executivos, considerando-se as experiências vividas nesse processo pelos coachees e a percepção da própria organização, quando da divulgação de resultados de avaliação por competências.

DOI: 10.53706/gep.v.23.7393


Palavras-chave


Coaching executivo; Coachee; Expectativas; Percepções

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030