INOVAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS: UMA ANÁLISE DA ADOÇÃO DE POLÍTICAS PARA ANIMAIS DOMÉSTICOS EM PORTO ALEGRE

Danielle de Araujo Bispo, Hironobu Sano, Elisabete Stradiotto Siqueira

Resumo


O artigo analisou elementos que influenciaram na adoção de políticas públicas para animais domésticos em Porto Alegre. Foram analisados: os problemas, a entrada do tema na agenda do município, os eventos críticos, os indutores e as barreiras à adoção da inovação. Trata-se de um estudo de caso qualitativo. Foram entrevistados 5 atores públicos e 13 protetores de animais. Foi realizada uma pesquisa documental. Para análise dos dados, fez-se uso da análise de conteúdo. A adoção de políticas públicas para animais domésticos é complexa; o papel das leis e decretos regulamentando e atribuindo responsabilidades à prefeitura foi essencial; a adoção das políticas para animais foram sensíveis ao contexto político muito mais do que aos problemas do município, pois não foi apenas o fato de animais, tutores e protetores necessitarem de variados tipos de políticas, mas também de atores públicos que estavam na gestão terem afinidade com a causa animal.

DOI: 10.53706/gep.v.23.7429


Palavras-chave


Adoção de Inovação; Inovação no setor público; Políticas inovadoras; Animais domésticos

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030