ORGANIZATIONAL READINESS E REPRESENTAÇÕES DE GÊNERO NAS ANIMAÇÕES DISNEY: ANÁLISE FÍLMICA DE “A PRINCESA E O SAPO”

Polyana Alvarenga Matumoto, Valdir Machado Valadão Júnior, Fernanda Francielle de Oliveira Malaquias

Resumo


Organizational Readiness, ou Prontidão Organizacional, é um construto que descreve as expectativas antecipatórias sobre o trabalho e a vida organizacional que poderão afetar comportamentos, decisões e sentimentos neste contexto. Essas expectativas se desenvolvem gradualmente ao longo da infância até a vida adulta, à medida que influências culturais às quais somos expostos se internalizam. Neste sentido, as animações da Disney podem inspirar as crianças por meio de suas representações da vida organizacional e dos papéis de gênero no local de trabalho. Por isso, este estudo realizou uma análise fílmica da animação “A Princesa e o Sapo” com propósito de identificar e analisar exemplos de experiências e comportamentos relacionados ao contexto do trabalho e da vida organizacional, bem como as representações de gênero neste contexto, que possam afetar de algum modo o desenvolvimento do organizational readiness de seu público feminino jovem.

DOI: 10.53706/gep.v.23.7519


Palavras-chave


Prontidão organizacional; Animações; Representações de trabalho; Gênero

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030