FELICIDADE NO TRABALHO: MAPEAMENTO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA ÚLTIMA DÉCADA POR MEIO DE ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA

Caroline Lorensi da Silva, Denize Grzybovski, Anelise Rebelato Mozzato

Resumo


O objetivo deste artigo foi investigar a configuração da produção científica sobre a felicidade do trabalho, tomando como fonte as principais bases de dados internacionais, a ISI Web of Science (WOS) e a Scopus, no recorte temporal de 2011-2020. Do ponto de vista metodológico, o estudo foi desenvolvido seguindo as leis de Bradford, Lotka e Zipf, em busca dos principais autores e sua produtividade, temas correlatos abordados e sua evolução no período 2011-2020. Os dados foram tratados utilizando os softwares R e Excel®. Os resultados do estudo permitem afirmar que a felicidade no trabalho está sendo considerada parte do constructo do bem-estar nas principais publicações sobre o tema. Contudo, se faz necessário considerar a felicidade “no ambiente organizacional”, não apenas “no trabalho”, apropriando-se do termo felicidade e desenvolvendo um novo constructo do conceito.

DOI: 10.53706/gep.v.23.7560


Palavras-chave


Felicidade no trabalho; Bem-estar; Satisfação; Estudo bibliométrico

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030