MP 808: RECUO NA REFORMA TRABALHISTA

Raymundo Pinto

Resumo


Durante a discussão do projeto e logo depois da aprovação da Reforma Trabalhista, verificou-se uma onda de protestos no país, sob a acusação de que as modificações introduzidas na velha CLT seriam prejudiciais aos trabalhadores. Na verdade, não há como negar que diversas alterações, de fato, vieram em proveito dos empregadores, mas, por outro lado, exagera a oposição radical em afirmar que “todas” as alterações retiram direitos dos empregados. A realidade vinha demonstrando que a legislação que regula as relações de trabalho estava omissa, incompleta ou desatualizada com referência a certos fenômenos gritantes nessa área.

Texto completo: PDF


A Revista Direito UNIFACS – Debate Virtual estará sempre aberta a oportunidade para que todos, ainda que não sejam membros do Corpo Docente e Discente do Curso de Direito da UNIFACS, possam divulgar textos jurídicos de relevância dogmática, devendo enviar seus textos para o endereço eletrônico [email protected]

ISSN 1808-4435