MENTIRA SE SOFISTICA; AGORA É “FAKE NEWS”

Raymundo Pinto

Resumo


Noticiário internacional recente informa que, nos Estados Unidos, grandes empresas perderam a paciência com as principais redes sociais – Facebook, Twitter, Instagram e WhatsApp –, retirando delas seus anúncios, sob a alegação de que são por demais tolerantes com a divulgação de “fake news”, expressão da língua inglesa que vem sendo traduzida como “informações falsas”. Na verdade, hoje em dia há uma irrefreável tendência de dar-se preferência a termos estrangeiros até mesmo quando existe o equivalente no nosso idioma oficial. Ou então, buscam-se palavras mais leves (“light”) na tradução. Seria muito mais claro para o grande público afirmar-se que aquelas redes estão “espalhando mentiras”.

Texto completo: PDF


A Revista Direito UNIFACS – Debate Virtual estará sempre aberta a oportunidade para que todos, ainda que não sejam membros do Corpo Docente e Discente do Curso de Direito da UNIFACS, possam divulgar textos jurídicos de relevância dogmática, devendo enviar seus textos para o endereço eletrônico [email protected]

ISSN 1808-4435