UM ESTUDO SOBRE OS DESAFIOS ESTRUTURAIS E JURÍDICOS PARA A INOVAÇÃO ABERTA EM ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS – AS BUROCRACIAS MECANIZADAS

Vaner José do Prado, José Gileá d de Souza, Luciana Rodrigues dos Santos

Resumo


O contexto deste estudo, centra-se na integração da inovação aberta às estratégias das organizações públicas. A perspectiva de análise das organizações públicas para este trabalho abarca as esferas de governos e empresas estatais, que possuem em sua natureza ou configuração organizacional, jurídica e de prestação de serviços a sociedade (em suas mais variadas formas), com caracterização de alto grau de complexidade. A questão de pesquisa busca entender quais são os aspectos mais relevantes (principais desafios) a serem vencidos pelas burocracias mecanizadas das organizações públicas, estruturais e jurídicas, na expectativa de criar estratégias para receber a inovação aberta? O objetivo é analisar os principais elementos estruturais e jurídicos das burocracias mecanizadas, visando compreender aspectos que possam dificultar, facilitar ou acelerar a incorporação dos fundamentos e benefícios que possam ser trazidos pela inovação aberta. A pesquisa possui natureza descritiva. Como principais resultados obtidos, tem-se que as burocracias mecanizadas (organizações de natureza pública) possuem em suas estruturas e em seus sistemas legais, elementos que podem realmente dificultar a entrada de estratégias de integração da inovação aberta, porém, encontrou-se aspectos que podem ser trabalhados para de acordo com a literatura, que podem facilitar o processo de incorporação da inovação aberta.

Texto completo: PDF


A Revista Direito UNIFACS – Debate Virtual estará sempre aberta a oportunidade para que todos, ainda que não sejam membros do Corpo Docente e Discente do Curso de Direito da UNIFACS, possam divulgar textos jurídicos de relevância dogmática, devendo enviar seus textos para o endereço eletrônico [email protected]

ISSN 1808-4435