EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS NO SETOR DE MINERAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM MINAS GERAIS

Luiz Alex Silva Saraiva, Maria Mercês Moura Andrade

Resumo


Para encarar os desafios que têm sido cada vez mais complexos desde o final de década de noventa, as empresas têm buscado manter profissionais produtivos e responsáveis pelos objetivos corporativos. Para isso, investem cada vez mais na educação à distância porque promove a aprendizagem individual e coletiva, dissemina conhecimento e cria oportunidades concretas para a qualificação dos empregados. O objetivo neste trabalho é discutir como a educação à distância pode ser utilizada como instrumento para o desenvolvimento de pessoas, o que foi viabilizado por meio de uma estratégia qualitativa de pesquisa realizada na Mineradora. As principais fontes de dados foram documentos internos e entrevistas em profundidade. Os principais resultados mostram que embora a educação à distância seja tecnicamente usada para o desenvolvimento de empregados, há uma percepção de acúmulo de trabalho por conta de ser mais uma atribuição, o que pode se tornar um obstáculo para a consolidação da iniciativa.

Palavras-chave


Educação à Distância; Educação Profissional; Treinamento; Desenvolvimento; Capacitação Profissional.

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030