ESTUDO DO COMPORTAMENTO DE COMPRA ECOLÓGICA E SEUS ANTECEDENTES NO BRASIL

Luís Matheus Tavares Silva, Diego de Queiroz Machado, Daniel Barboza Guimarães

Resumo


O objetivo do artigo é analisar a relação entre comportamento de compra ecológica e seus antecedentes, que são atitudes sociais positivas, valores de consumo ecológico e a receptividade à publicidade ecológica, no Brasil. Utilizou-se um modelo desenvolvido por Paço, Shiel e Alves (2018) e aplicação de modelagem de equações estruturais para analisar as hipóteses propostas. O questionário foi respondido por 417 brasileiros para a verificação do relacionamento entre os constructos e a aplicabilidade do modelo no Brasil. Este estudo consiste na primeira tentativa de validação deste modelo em um país fora da Europa Ocidental. Os resultados indicam que, ao contrário do trabalho original, para os consumidores brasileiros, os valores de consumo ecológico não explicam o comportamento de compra ecológica, o que pode ser indício de um gap entre o indivíduo pensar de forma sustentável, mas não agir como tal.

DOI: 10.53706/gep.v.23.7050


Palavras-chave


Comportamento de compra ecológica; Atitudes sociais, valores de consumo ecológico; Receptividade; Publicidade ecológica

Texto completo: PDF

Todo conteúdo da revista está sob a licença 

Gestão & Planejamento. ISSN impresso 1516-9103 - ISSN eletrônico 2178-8030