DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E CAPITAL HUMANO: TEORIAS, CRÍTICAS E ANÁLISE DO CASO BRASILEIRO

Edna Silva Fonseca

Resumo


As divergências e críticas em torno da Teoria do Capital Humano são pertinentes e ao mesmo tempo provocadoras, ao questionarem a capacidade dos investimentos em educação e saúde responderem aos ganhos privados em termos salariais, e a existência do elo entre crescimento e desenvolvimento econômico. Nesse sentido, este artigo tem por finalidade revisitar o arcabouço teórico que fornece a sustentação para o desenvolvimento de tal teoria, bem como explicitar suas contribuições, visões e críticas, e sua aplicabilidade no caso brasileiro. Sob a luz do debate teórico este estudo não tem como finalidade em apontar a validade desta teoria ou ainda exaurir o debate em torno dela, mas sinalizar a sua aplicabilidade sob as diferentes óticas e correntes de pensamentos.

Palavras-chave


Desenvolvimento Econômico; Teoria do Capital Humano; Educação; Progresso Técnico

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

INDEXAÇÃ0:

DOAJ

Associada

Todo conteúdo da revista está sob a licença 
RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico. ISSN eletrônico 2178-8022 (números publicados a partir de 2010)
ISSN impresso 1516-1684