ANÁLISE DA TENDÊNCIA E CRESCIMENTO DAS EXPORTAÇÕES CHINESA E SEUS IMPACTOS NO COMPLEXO SOJA SUL AMERICANO: 1990 A 2020

Maiara Thaís Tolfo Gabbi, Nilson Luiz Costa, Gabriel Nunes de Oliveira, Elisangela Gelatti, Angélica Cristina Rhoden

Resumo


O estudo se propõe a analisar as tendências e perfis de exportação de produtos do complexo soja de Argentina, Brasil, Paraguai e China no período de 1990 a 2020. Utilizou-se o modelo econométrico de tendência e taxa de crescimento log-linear como metodologia. Entre os resultados constatou-se que china redimensionou seu comércio internacional do complexo soja. Através da política industrial, constituiu um competitivo e grande parque industrial. A partir da política comercial, fortaleceu a indústria, através de barreiras tarifárias e não tarifárias. Já, no continente sul-americano observou-se que as políticas econômicas chinesas estimularam o crescimento da produção de soja no Brasil. Diferentemente, a política Argentina e Paraguaia foi eficiente para manter competitivo e ampliar as atividades ligadas ao processamento de soja.

 


Palavras-chave


Complexo soja; Comércio; China; Brasil e Argentina

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

INDEXAÇÃ0:

DOAJ

Associada

Todo conteúdo da revista está sob a licença 
RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico. ISSN eletrônico 2178-8022 (números publicados a partir de 2010)
ISSN impresso 1516-1684