EFEITOS DOS GASTOS PÚBLICOS NO DESENVOLVIMENTO REGIONAL: UMA ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA (UESB) E TRÊS MUNICÍPIOS BAIANOS (VITÓRIA DA CONQUISTA, JEQUIÉ E ITAPETINGA)

Esdras Antunes do Nascimento, Elinaldo Leal Santos

Resumo


Este trabalho analisa os efeitos dos gastos públicos educacionais na esfera municipal, com base empírica em gastos executados pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e três municípios baianos (Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga).  Trata-se de um estudo exploratório, qualitativo, instrumentalizado por meio de dados secundários, disponibilizados em bancos de dados de instituições públicas, fundamentado nas teorias do desenvolvimento regional e dos gastos públicos. O resultado, constata-se a influência da Universidade no sistema econômico local, em razão das vantagens provenientes da aglomeração e das externalidades produzidas (spillovers), verificadas por meio dos efeitos multiplicadores dos gastos com pessoal, custeio e investimentos sobre os municípios.  Verifica-se uma influência positiva entre a gradualidade ascendente dos gastos públicos realizados pela Universidade e a evolução do PIB nos municípios pesquisados, tanto em razão das contribuições para a produtividade dos setores econômicos como pela sua força motriz na atração de novos negócios e no fomento endógeno de novos empreendimentos.


Palavras-chave


Gastos Públicos; Universidade e Desenvolvimento Regional

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

INDEXAÇÃ0:

DOAJ

Associada

Todo conteúdo da revista está sob a licença 
RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico. ISSN eletrônico 2178-8022 (números publicados a partir de 2010)
ISSN impresso 1516-1684