DESIGUALDADE DE GÊNERO: A PARTICIPAÇÃO FEMININA NA POLÍTICA BRASILEIRA

José Gileá de Souza

Resumo


As mulheres representam cerca de 51% da população brasileira (IBGE, 2014). Historicamente confinadas ao mundo privado da vida doméstica, sua contribuição para o desenvolvimento da sociedade era eclipsada pela naturalização da reprodução biológica e social. Eram, consequentemente, desvalorizadas e subordinadas ao mundo masculino, vivendo discriminadas e privadas de direitos.

Texto completo: PDF


A Revista Direito UNIFACS – Debate Virtual estará sempre aberta a oportunidade para que todos, ainda que não sejam membros do Corpo Docente e Discente do Curso de Direito da UNIFACS, possam divulgar textos jurídicos de relevância dogmática, devendo enviar seus textos para o endereço eletrônico direito@unifacs.br

ISSN 1808-4435